Português Español

Brasileiro aceita reduzir espaço dos carros para ônibus, aponta pesquisa

Maioria é favorável à redução de espaço para os carros nas ruas


Image title

A maior parte dos brasileiros aceitaria redução dos espaços destinados aos veículos particulares para ciclovias, corredores de ônibus e calçadas. O meio de transporte que seria escolhido pela população se houvesse uma infraestrutura mais adequada nas cidades é o ônibus. É o que revela pesquisa sobre mobilidade urbana encomendada pelo Greenpeace ao Instituto Datafolha. Foram ouvidas 2098 pessoas com 16 anos ou mais em 132 municípios de todas as regiões do país neste mês de setembro.


Segundo os dados, 74% dos entrevistados apoiam a redução de espaços dos carros desde que sejam implantados corredores de ônibus, aumentadas as calçadas e criadas ciclovias adequadas que ofereçam segurança. O ônibus é o meio de transporte que mais atrairia pessoas em deslocamentos por superfície se houvesse uma estrutura mais adequada. O ônibus é escolha de 42% dos entrevistados, seguido por carro com 23% dos entrevistados e bicicleta 21%. Nesse caso, carro e bicicleta estão empatados tecnicamente já que a pesquisa tem margem de erro de dois pontos.


De acordo com o responsável pela campanha de Mobilidade Urbana do Greenpeace, Vitor Leal, na Agência Brasil, os candidatos às prefeituras não se deram conta na prática dessa realidade e ainda insistem em anunciar medidas que mais privilegiem o transporte por veículos particulares do que políticas públicas para aperfeiçoar os serviços de ônibus.


“O que fica claro para mim é que as pessoas estão interessadas em como garantir a mobilidade delas e, se significa tirar espaço do carro para dar para outros modos de transporte, isso é ótimo, mas continuamos vendo os discursos de candidatos do Brasil inteiro que continuam falando só para quem anda de carro e, de vez em quando, falam um pouco sobre ônibus de um jeito genérico”, disse. A pesquisa deixou clara a intenção e a disposição do brasileiro em abrir mão dos veículos particulares desde que haja sistemas de transportes públicos e também de estruturas para os não motorizados que fossem eficientes.


Para isso a redução dos espaços para os veículos automotores é considerada essencial, mas como se daria esta diminuição das áreas para o transporte individual? A pesquisa colocou três cenários diferentes, reduzindo vagas para carros, o número de faixas ou ainda o fechamento de vias apenas para carros. Apenas a redução do número de vagas de estacionamento é que teve a maior parte das respostas favoráveis.


Os pesquisadores primeiramente fizeram as três perguntas sobre as formas de redução de espaço para carros e só depois é que falaram que essa redução seria para ampliar a estrutura aos serviços de transportes coletivos e não motorizados. Somente depois desta condição é que veio a maior aceitação: de 74% favoráveis a menos áreas para os carros.


Fonte: Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos


____________________________________________________________________________

Dúvidas ou sugestões?


Image titleO cliente pode consultar no site do consórcio os horários pelo link: www.consorciofenix.com.br/horarios. Se desejado, entre em contato conosco pelo sac@consórciofenix.com.br. Você pode também abrir um chamado de dúvida pela página www.consorciofenix.com.br/contato ou mesmo nos ligar pelo (48) 3025-6868 em horário comercial. Escolha o canal que melhor lhe convém, aguardamos seu contato!