Português Español

Uso integrado de tecnologias influencia positivamente mobilidade urbana

Artigo aponta que estamos na era da mobilidade integrada

 

A história recente do Brasil ficará marcada como um período de investimentos em infraestrutura de transporte coletivo sem precedentes, impulsionados pelos grandes eventos realizados no país e pelo clamor da sociedade por melhores serviços públicos. Entretanto, os aportes não foram suficientes, tamanha a defasagem estrutural das nossas cidades, e pequena parte desses investimentos foi destinada à operação. É nesse contexto que se destacam os recentes avanços tecnológicos aplicados ao transporte coletivo, que conferem maior segurança, sustentabilidade e eficiência ao serviço e melhor experiência aos passageiros.

 

Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) têm transformado como se planeja, gerencia, opera e consome o transporte público. O uso integrado de diferentes tecnologias redesenha as relações entre pessoas, veículos e infraestrutura. Tecnologias de gestão e controle ajudam a suplantar as perdas causadas pela saturação dos sistemas viários. As soluções não mais dependem exclusivamente de vultosos investimentos em infraestrutura, mas se apoiam na otimização dos recursos e estrutura disponíveis.

 

Informações precisas sobre os deslocamentos e ferramentas eficazes para aferição da demanda permitem simulações realistas para planejamento da operação. Avanços na tecnologia veicular, garagens inteligentes e conectividade dos veículos repercutem positivamente tanto na performance quanto no impacto ambiental do setor.

 

A tecnologia também é determinante para a melhoria da experiência dos usuários no transporte público. Baseados em informações seguras e em tempo real, aplicativos possibilitam planejar rotas e viagens, considerando não apenas o tempo de deslocamento, mas também as opções mais econômicas e sustentáveis. A tecnologia empodera os usuários e aumenta a transparência do setor.

 

Inúmeros são os exemplos recentes de aplicação de novas tecnologias com forte impacto no serviço de transporte público. Na base dessa transformação está a pulverização da produção tecnológica. As soluções não mais são desenvolvidas apenas por grandes empresas, mas, e principalmente, por uma imensidão de start-ups amparadas por uma cultura de cooperação e colaboração. Este é um momento de mudança crucial e nele se apresenta mais um desafio para o setor: firmar um ambiente propício para a inovação, incentivando parcerias, compartilhando informações e fomentando novas soluções.

 

Os primeiros passos já foram dados. A exemplo da iniciativa ITxPT (Information Technology for Public Transport), promovida pela UITP, e da especificação GTFS (Especificação Geral de Feeds de Transporte Público), embrionada no Google, há determinantes progressos com o objetivo de estabelecer padrões de desenvolvimento e protocolos de comunicação de forma a oferecer e subsidiar o desenvolvimento de aplicações integradas para o transporte público.

 

Outro ponto que precisa ser equacionado é como prover o equilíbrio necessário para que investimentos em tecnologias sejam perenes em um setor com margens estreitas, modelos de custeio que precisam ser revistos e, muitas vezes, sem garantias institucionais.

 

Investir em tecnologia não é apenas investir na eficiência do setor, mas no desenvolvimento de cidades mais equilibradas e com mais qualidade de vida. Entretanto, nenhum avanço será definitivo sem as decisões políticas para estabelecer o transporte público como prioridade.

 

*Luiz Fernando Bandeira de Mello é engenheiro civil e especialista em Engenharia dos Transportes pela UFPE, além de membro do Conselho Diretor da NTU

Fonte: Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU)

____________________________________________________________________________

Dúvidas ou sugestões?


Image titleO cliente pode consultar no site do consórcio os horários pelo link: www.consorciofenix.com.br/horarios. Se desejado, entre em contato conosco pelo sac@consórciofenix.com.br. Você pode também abrir um chamado de dúvida pela página www.consorciofenix.com.br/contato ou mesmo nos ligar pelo (48) 3025-6868 em horário comercial. Escolha o canal que melhor lhe convém, aguardamos seu contato!