Português English

OAB/SC promove Fórum Internacional de Mobilidade Urbana

Especialistas debaterão soluções viáveis para as grandes cidades

A acessibilidade nas cidades, o planejamento urbano, as tecnologias modais de transporte (BRTs, VLTs, transporte marítimo, bondinhos) e o futuro dos grandes centros são alguns dos temas em debate no Fórum Internacional de Mobilidade Urbana, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Santa Catarina (OAB/SC), nos próximos dias 27 e 28. O evento reunirá em Florianópolis diferentes especialistas, entre eles, Waldir Gomes da Silva, presidente do Sindicato das Empresas do Transporte Urbano de Passageiros da Grande Florianópolis (Setuf), que abordará o impacto da falta de mobilidade para o transporte coletivo.

“Os constantes congestionamentos significam ônibus parados no trânsito, o que contribui diretamente para os atrasos e a lotação dos veículos. Uma linha pode demorar até o dobro do tempo para cumprir o seu trajeto em momentos de grande engarrafamento”, explica da Silva.

Segundo o presidente do Setuf, por conta da falta de mobilidade, o sistema de transporte coletivo na Grande Florianópolis é obrigado a aumentar o número de veículos e de funcionários na operação, principalmente nos horários de pico. “Este é um problema antigo e que se agrava a cada ano. Portanto, será muito válida essa troca de experiência que o fórum propiciará, com exemplos de soluções bem-sucedidas e que podem contribuir para melhorar a nossa realidade”, considera.

Image title


Práticas internacionais de informação 

As melhores práticas internacionais de comunicação com o turista estarão em foco na palestra ‘Informação ao Passageiro em Cidades com Vocação Turística: Falando a linguagem mundial’, de Rodolfo Guidi, coordenador técnico do Consórcio Fênix. De acordo com Guidi, o relacionamento com o visitante vai desde o momento em que ele busca informação sobre o transporte coletivo, até o ponto final da linha. "O grande desafio é alcançar um patamar de excelência neste relacionamento”, comenta.

O coordenador explica que os contantes congestionamentos não prejudicam somente a população que usa o transporte coletivo para se deslocar nos centros urbanos. Na pesquisa realizada em março deste ano pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a falta de mobilidade urbana recebeu nota 2.9 entre os proprietários de todo o litoral catarinense e foi considerado o maior entrave da temporada. “O congestionamento para o automóvel sempre existirá e por isso a importância de priorizar os ônibus nas vias de circulação. Afinal, oferecer um serviço de transporte público eficiente é fator crítico para que a experiência do turista seja positiva e ele queira voltar”, finaliza.


Fórum Internacional de Mobilidade Urbana

Data: 27 e 28 de abril

Local: Auditório da OAB – Rua Pascoal Apóstolo Pítsica, 4860

Site: http://www.mobilidadenascidades.com.br/